What defines Dutch cycling? O que define o ciclismo holandês?


Cada vez que eu vejo algum vídeo como este eu percebo o quanto estamos longe desta realidade. Mas não nos abateremos, vamos construir isto para as futuras gerações aqui do Brasil, chegaremos a este nível de civilidade mostrado no vídeo, onde a bicicleta estará realmente inserida no nosso dia-a-dia. Façamos a nossa parte estimulando cada vez mais o uso da bicicleta, para que novos ciclistas surjam, e que o respeito mútuo seja estabelecido no nosso trânsito “tupiniquim”.

  Gostou do BL@G? Compartilhe no botão a baixo e “curta” também a página no FACEBOOK. Lá com informações diferentes e a liberdade para você interagircomentando e postando

Anúncios

Sobre PEDALE

Um entusiasta do ciclismo e afins, apaixonado por este veículo. Tendo este blog voltado a incentivar e estimular cada vez mais o uso da bicicleta como meio de transporte e lazer.
Esse post foi publicado em Cotidiano e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para What defines Dutch cycling? O que define o ciclismo holandês?

  1. André L. thieme disse:

    Carlos, impressionte !!! Agora imagine se todos eles estivessem em suas carruagens de egoismo, como estaria o transito? provavelmente caotico como o de Sao Paulo e outras cidades brasileiras.
    Quando o poder publico realmente assumir suas responsabilidades perante a sociedade, pensar com inteligencia e compromisso, vera que não é nada impossivel, basta começar… O investimento em ciclovias é infinitamente menor que o de novas avenidas, outras alternativas de transporte publico e permite a cada cidadao decidir sobre seu horario, despesas e de quebra melhora a sua qualidade de vida. Do ponto de vista urbanistico ameniza a imagem sizuda da cidade, melhorando sua aparencia e inserindo mais o cidadão em seu contexto. A bicicleta, por ser um transporte de massa consegue solucionar varias necessidades de transporte e ainda permite uma maior convivencia de seus usuarios. Aquela maxima que diz que o relevo de nossa cidade nao permite a mesma utilização que nas cidades europeias é furada, deixem que as pessoas decidam. Eu nao ligo a minima para subidas e descidas, alias adoro o desafio de transpor uma subida mais radical. E como eu conheço diversos. Quantas pessoas tem a sorte de morar perto do trabalho, mas utilizam veiculos por absoluta falta de opção ? Abraço,
    Andre Thieme

    • Carlo disse:

      É verdade André…eu tenho esperança que conseguirei ver algo parecido aqui em nosso país. Sou um homem de fé. Ah…concordo contigo quanto as “subidas/lombas”…até pq se não tem subidas, não terá descidas depois, né!? Abração e continue interagindo, isto só enriquece o blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s